Tags

, , , ,

Foto: TV Globo/2012

Pareceu cruel quando Suelen, em Avenida Brasil, disse para uma cliente da loja que ela trabalhava: “a única forma desse vestido caber em você, é se você comprar dois e costurar um no outro“. Muita gente deve ter rido em casa, até mesmo quem se acha acima do peso.

É que Suelen é um fenômeno. Sincera, autoconfiante, direta e ingênua: ela cruza características de uma heroína. E quem disse que ela não é?

Suelen merece respeito por quê: Ela não tem a barriga tanquinho, nem roupas caras. Mas seu brinco comprido numa orelha só e suas leggings coloridas já são tendência. Ela não tem onde cair morta, às vezes nem o que comer. Mas não engole desaforo. Ela fica porque tá a fim, pega porque gostou, não esconde que a-do-ra sexo. Mas diz que tem princípios (e tem, peculiares, mas tem). Ela quer viver no conforto, sem fazer esforço. Mas pensa no futuro, mesmo que isso signifique apenas casar com um cara rico.

Atire a primeira pedra quem nunca quis lançar mão do jeito Suelen de ser: de ficar sem compromisso e não achar que vai pro inferno por isso. De mandar aquele cliente ou chefe pra puta que pariu. De imaginar que bem que a vida podia ser melhor se tudo fosse fácil. De resolver as coisas no jeitinho, no chamego, na conversa.

Ok! Não dar pra viver à risca o jeito da moça, até porque as escolhas dela refletem uma série julgamentos e exclusão. Tem que ter peito pra encarar as pessoas te xingando por escolhas que, no fundo, só cabem a você. Mas ela é um ícone! E o amor do país por ela talvez represente uma possível quebra de muitos tabus, afinal se ser santa sempre agradasse, Isís Valverde estaria à frente dos trends topics do Twitter desde quando interpretou Ana do Véu (quem?).

Sabe, em Dancing Days, Sônia Braga mudou algumas opiniões quando dançou livre na pista com meias brilhantes e um top mínimo. Hoje, não muito longe do figurino anos 80 e da ousadia característica, tomara que Suelen possa mudar diversas opiniões também, principalmente aquelas que estão ligadas ao preconceito.

Enfim, todo mundo erra, pouco ou muito, e aprende com isso. Se as mentiras e problemas que ela está envolvida vão resultar num final infeliz, não se sabe. O que importa é que pela autenticidade e transparência não tô falando da roupa ela já tem lugar nos nossos corações.

Anúncios