Tags

, , ,

Hoje é dia! E você sabe do quê. Nem precisa pedir pra explicar em mais detalhes, porque eu sei que você já entendeu. Aliás, é justamente sobre isso que eu quero falar: sobre essa capacidade das pessoas falarem tanto desse assunto, mas sem dizer muito. É justamente lá que eu quero chegar.

“Chegar lá”, por sinal, é outro termo implícito comumente usado para esse tema. Os métodos para chegar lá estão estampados em revistas e site especializados, que não são dedicados apenas para aqueles que só pensam naquilo, mas para todos os outros também.

Ainda não entendeu? Eu estou falando daquilo que está por trás (veja só) de uma roupa nova, uma indireta no Facebook, um perfume forte ou risadas à toa. Aquilo que está tão encoberto e obscuro, e ao mesmo tempo tão banal e escancarado. O fato é que depois de uma certa vivência, você aprende a enxergar os sinais escondidos. Pode ser uma fruta, uma expressão mal colocada (veja só de novo), uma foto ou uma música de duplo sentido. Depois de um certo tempo, você também aprende a falar sem dizer nada, e esses fatores citados desencadeam aquele sorrisinho no canto da boca só porque faz lembrar da coisa. Aliás, você gosta da coisa? Ou será que aí tem coisa? Ok, já chega. Vamos direto ao ponto, seja lá onde ele esteja.

Aproveite, pois todo dia é dia. Deixe de moleza (ops!), e não desanime, porque vai que… né? De uma forma ou de outra, para muitos, hoje tem!

Anúncios