Tags

,

Quando a gente é criança, e vai pra escola, nossa bagagem se enche de sonhos! Depois a gente cresce, leva alguns juntos, deixa outros para trás. Aqueles que sobram são motivados pelo analista, anúncios publicitários ou por pessoas que de fato nos amam.

Ninguém sabe como nasce um sonho. Se é de uma vontade momentânea que acaba se tornando ideia fixa ou de uma necessidade mais urgente e importante. Mas uma coisa que todo mundo reconhece é quando um sonho fica estagnado. Eu chamo isso de apneia do sonho.

É quando você vai adiando suas vontades para resolver coisas do dia a dia. Como por exemplo, trabalhar muito para pagar as contas, algo maravilhoso, mas que coloca muitos sonhos em apneia. Assim como na respiração, essa parada pode ser voluntária ou involuntária. Ou você para de seguir o objetivo da sua vida em livre e sã consciência, ou simplesmente um dia olha pra trás e nem sabe em qual momento parou de perseguir seus ideais. 

São muitos os fatores que causam apneia: filhos, reunião de última hora, falta de apoio dos amigos ou pais, críticas, falta de tempo, imprevistos, problemas de saúde, acidentes. Tudo aquilo que não fizer parte do seu plano de conquista pode ser fator determinante para pausá-lo.

Cuidado! Se nesse exato instante você se encontra em total apneia, volte rapidamente a sonhar. Igualmente à apneia do sono, quando você passa um período sem respirar, há chances de morrer se o sonho entra em pausa. Por isso, respire e sonhe, não necessariamente nessa ordem.

Eu digo
Não chore meu amor
Que a lua brilhou no escuro do céu
Que o som acalenta teu corpo cansado
E o sonho da gente não morre jamais

Natiruts

http://www.vagalume.com.br/natiruts/nao-chore-meu-amor.html#ixzz29zF3PCGe

Anúncios